13/03/2013 11h25 - Atualizado em 13/03/2013 11h27

Cavalgada chama público para ExpoLondrina 2013

A Cavalgada 2013 da Sociedade Rural do Paraná, que anuncia todos os anos a Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, bateu recorde de participação. Segundo o coordenador do evento, José Henrique Cavicchiolli passaram pelos portões do Parque de Exposições Ney Braga 2.270 animais. O evento realizado neste domingo, 10 de março, entrou na sexta edição chamando a atenção do público para a 53ª ExpoLondrina, agendada entre os dia 4 e 14 de abril.

A Cavalgada reuniu cavaleiros, amazonas e carroceiros vindos de 34 localidades do Paraná e também dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul, somando perto de 2.500 pessoas e um total de 160 comitivas. Estiveram presentes com suas montarias, o vice-prefeito de Londrina, Guto Bellusci e o vereador, Gaúcho Tamarrado. O primeiro ano da Cavalgada foi em 2008 e reuniu pouco mais de 100 participantes.

As comitivas e participantes começaram a chegar por volta das 8h30 da manhã, no terreno ao lado do Catuaí Shopping Londrina local determinado para a concentração e saída da Cavalgada. Por volta das 10h a marcha iniciou e percorreu 10 quilômetros com o seguinte roteiro: avenidas Madre Leônia Milito, Ayrton Senna, Maringá e Tiradentes, finalizando no Parque Ney Braga.

O presidente da Sociedade Rural do Paraná, Moacir Sgarioni ressaltou que a beleza da cavalgada está em reunir do peão, profissional que trabalha no dia a dia no campo, aos agropecuaristas, como também o homem urbano que possui uma montaria, carroça e que vem se unir aos outros integrantes formando um elo entre campo e cidade.

Laços de amizade e a tradição familiar

Entre as comitivas que marcaram presença na Cavalgada estava a de Cruzeiro do Sul (PR), que fica a cerca de 160 quilômetros de Londrina. Para não correr riscos de atrasos, a comitiva “Os Abandonados” chegou a Londrina no final da tarde de sábado (9) e passou a noite no Parque de Exposições Ney Braga. Eles vieram num ônibus cedido pela Prefeitura daquele município e trouxeram, de caminhão, cerca de 15 cavalos.

Participar de cavalgadas já é rotina para o grupo de Cruzeiro do Sul. “Nós participamos de duas cavalgadas por mês, em média”, conta Fátima Pinzan Santana, membro do grupo. Ela define a comitiva como uma grande família.“Chega a me arrepiar quando falo da nossa amizade, da nossa união. A gente se reúne para organizar as viagens sempre em volta de um churrasco, uma galinhada, um mocotó. Nossas reuniões são festivas e participa toda a família. Somos muito unidos”, diz ela.

Idade também não é problema na Cavalgada. Um dos mais novos participantes, com apenas um ano e cinco meses, Vitor Mateus Soares Izidoro, devidamente vestido de jeans, camisa xadrez, bota, cinto na cintura e chapéu era só sorrisos no cavalo, junto com o pai, Elton Soares Izidoro.

Segundo o pai, o garotinho foi o primeiro a acordar neste domingo e já sentou sobre a sela do cavalo. “Se eu não trago, ele fica doente. Ele adora cavalgar”, conta o pai. A família veio do distrito de Lerroville

O evento terminou com a reunião dos participantes da Cavalgada, sócios da Sociedade Rural, diretores e equipe de trabalho, nos barracões do Parque de Exposição Ney Braga em uma confraternização com um típico almoço tropeiro e a entrega de troféus homenageando as comitivas.

Segurança

Todo o percurso da cavalgada foi monitorado pelas equipes do 5º Batalhão da Polícia Militar com viaturas, motos e cavalaria e equipes da Polícia Rodoviária Federal e da Guarda Municipal, com suporte de segurança e controle do tráfego, tendo o apoio dos fiscais da CMTU na interdição do trânsito.

Uma equipe de limpeza também foi contratada com o intuito de manter as ruas limpas, recolhendo os recicláveis e dejetos animais deixados após a passagem da cavalgada.

“Todo este auxilio e suporte contribui para o bom andamento do evento, possibilitou a passagem das comitivas, evitou transtornos e acidentes dando um brilho ainda maior a nossa Cavalgada, disse o presidente Sgarioni.

O coordenador Cavicchiolli enfatizou que a Cavalgada da ExpoLondrina hoje já é conhecida como uma da maiores do país e uma das mais bem organizadas. “Este ano batemos todos os recordes. Os nossos agradecimentos aos que contribuíram para este sucesso e esperamos todos na ExpoLondrina 2013”.

Localidades: Aquidauana (MS), Arapongas, Assaí, Bela Vista do Paraíso, Bentópolis, Barbosa Ferraz, Califórnia, Câmbira, Cafeara, Cambé, Cornélio Procópio, Cruzeiro do Sul, Faxinal, Guarací, Guaravera, Ibiporã, Iporã, Irerê (dist. de Londrina), Jaguapitã, Jataízinho, Londrina, Lerroville (dist. de Lda), Mandaguarí, Marialva, Ortigueira, Paiquerê, Piraquara, Resende (SP), Reserva, Rolândia, São Luis (dist.de Lda), Santa Cecília do Pavão, Sertanópolis e Tamara (dist. de Londrina).

Fonte: ExpoLondrina

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Feijão de cor – Paraná (Seab)

    19/09/2014

    valor

    R$ 65.20

  • Milho – Paraná (Seab)

    19/09/2014

    valor

    R$ 17.92

  • Feijão Preto – Paraná (Seab)

    19/09/2014

    valor

    R$ 90.58

  • Soja – Paraná (Seab)

    19/09/2014

    valor

    R$ 53.07

  • Boi – Paraná (Seab)

    19/09/2014

    valor

    R$ 127.21