02/08/2017 13h34 - Atualizado em 02/08/2017 13h34

CESB cria Liga da Produtividade de Soja

Novo projeto do Comitê Estratégico Soja Brasil pretende levar alta produtividade da soja a áreas de maior escala.

Há quase dez anos o Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) promove o Desafio Nacional de Máxima Produtividade da Soja, que além de gerar campeões de produtividade em todo o Brasil, gerou conhecimento técnico, recordes de produção e um histórico de dados que se tornou referência para o sojicultor.

Agora, com o objetivo de transferir as tecnologias adotadas nas áreas inscritas no Desafio anual, o CESB criou a Liga da Produtividade de Soja, que reúne produtores com histórico de altas produtividades no Desafio CESB, para aplicar em áreas comerciais as experiências adquiridas nas áreas inscritas no Desafio.

“No Desafio os agricultores inscrevem suas áreas, nas quais vamos auditar um mínimo de 2,5 hectares. Agora vamos levar o conhecimento adquirido durante quase 10 anos para áreas com até 30 hectares”, explica Luiz Nery Ribas, presidente do CESB.

Os produtores convidados pelo CESB para fazer parte desse novo projeto foram escolhidos devido ao histórico de sucesso em áreas menores. “Temos os dados recolhidos por quase dez anos. Esses produtores estão preparados para mostrar ao Brasil e ao mundo que é possível aumentar significativamente a produtividade de soja em áreas comerciais”, comenta Nery.

O encontro dos participantes da Liga da Produtividade aconteceu na terça-feira (25/7), em Marília (SP), em parceria com a Jacto, fabricante de equipamentos agrícolas e patrocinadora do Comitê. “Os produtores participantes da Liga serão precursores. Vamos mostrar que com parcerias, inovações e muito trabalho é possível produzir mais e melhor numa grande área comercial”, comenta Fernando Gonçalves, presidente da JACTO.

Com a presença de integrantes do Comitê, diretores da Jacto, produtores e consultores rurais, o evento contou com uma palestra do professor e pesquisador Paulo Sentelhas e os cases de produtividade dos produtores participantes. “É uma nova etapa para o aumento da produtividade da soja em nosso país. O conhecimento acumulado nos proporciona aumentar gradativamente as áreas. É algo natural”, diz a produtora Elizana Baldissera Paranhos, participante da Liga.

Mesmo com a criação da Liga, o CESB vai continuar promovendo o Desafio Nacional de Produtividade na safra 2017/2018. “São dois projetos paralelos”, explica o diretor Executivo do CESB, Luis Antonio da Silva. “Queremos estimular a produtividade da soja e a Liga significa a realidade comercial em talhões maiores. É assim que o CESB acredita influenciar positivamente a sojicultora e melhorar o desempenho das safras”, conclui.

No final do evento, em reconhecimento à participação e colaboração nesse primeiro ano do projeto da Liga, o CESB realizou um sorteio, entre os participantes presentes, de duas vagas para uma viagem técnica para a Argentina no início de agosto, acompanhando os Campeões do Desafio CESB Safra 16/17.

 

Fonte: CESB

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ 23,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ 3,69

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    21/08/2017

    valor

    R$ 86,11