04/07/2017 12h00 - Atualizado em 04/07/2017 12h48

Com incertezas quanto à colheita do trigo, cotações disparam

Os valores do trigo subiram expressivamente no mercado de balcão (preço pago ao produtor) em junho, devido às incertezas quanto ao volume a ser colhido na nova safra. Conforme pesquisadores do Cepea, os baixos preços do cereal no período de decisão de cultivo levaram produtores a reduzir significativamente a área destinada à cultura no Brasil. No Rio Grande do Sul, as cotações subiram 6,3%; no Paraná, 5,3%; e em Santa Catarina, 2,1%. No mercado de lotes, os aumentos foram de 8% no Rio Grande do Sul, de 4,6% em Santa Catarina e de 4,5% no Paraná. Quanto à comercialização neste período de entressafra, há pequenos volumes disponíveis para negociação e poucos lotes da nova temporada foram vendidos antecipadamente.

 

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    17/11/2017

    valor

    R$ 108,43

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Milho – Paraná (Seab)

    17/11/2017

    valor

    R$ 22,52

  • Arroz irrigado em casca – Rio do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ 40,00