11/08/2017 12h57 - Atualizado em 11/08/2017 12h57

Com maior oferta, ovo vermelho se desvaloriza, branco segue estável

A oferta de ovos aumentou na maioria das regiões produtoras acompanhadas pelo Cepea, cenário que passou a pressionar os valores neste início de agosto, principalmente os do ovo tipo extra vermelho, cujos preços estão em patamares elevados desde meados de fevereiro. Conforme colabores do Cepea, avicultores de postura já começam a intensificar os descartes das poedeiras mais velhas, na tentativa de equilibrar a disponibilidade de ovos no mercado e, assim, evitar novas quedas. Entre 3 e 10 de agosto, os preços da caixa com 30 dúzias do ovo tipo extra, vermelho, colocada na Grande São Paulo, caíram 1,5%, para R$ 108,08 nessa quinta-feira, 10. Para retirada em Bastos (SP), o produto se desvalorizou 1,7% no período, com média de R$ 102,27/cx nessa quinta. Para o ovo tipo extra, branco, o cenário foi de estabilidade na praça paulistana nos últimos sete dias, com a caixa de 30 dúzias negociada a R$ 93,92 no dia 10. Para retirada em Bastos, as cotações recuaram ligeiro 0,2%, para R$ 88,35/cx nessa quinta.

 

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    05/09/2017

    valor

    R$ 23,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    05/09/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    05/09/2017

    valor

    R$ 3,42