07/11/2017 12h14 - Atualizado em 07/11/2017 12h14

Emater apresenta variedades de alface mais resistente a doenças e pragas

A Emater promove, até o final deste mês, cinco dias de campo para apresentar o resultado da avaliação a campo de três novas cultivares de alface desenvolvidas pela Embrapa e que apresentam como características maior resistência ao ataque de doenças e praga e também mais precocidade.

O primeiro encontro técnico acontece nesta terça-feira, 7 de novembro, em Campo Mourão, no sítio do agricultor Valdico Tochio. Amanhã será em Santa Fé, região de Maringá, na propriedade do produtor José Carlos Ferreira (Zé do Jacarezinho). Quinta-feira, 9 de novembro, a reunião acontecerá em Umuarama, na plantação do olericultor Rafael Anderson Maciel.

Produtores do Litoral do Estado estão convidados para conhecer esta experiência na próxima semana, 17 de novembro, no sítio do Hoelington de Souza Oliveira, em Antonina. A programação termina em Londrina, 23 de novembro, com o encontro técnico na propriedade do Hoelington de Souza Oliveira.

A alface é uma hortaliça folhosa bastante cultivada no Paraná. Atualmente, mais de 8,1 mil agricultores se dedicam a esta cultura, colhendo anualmente 128 mil toneladas do produto, numa área plantada de 5,7 mil hectares. Os plantadores são pequenos produtores, cuja área média de cultivo por propriedade é de 0,7 hectare.

Fonte: Emater

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    21/11/2017

    valor

    R$ 108,43

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Milho – Paraná (Seab)

    21/11/2017

    valor

    R$ 22,42

  • Arroz irrigado em casca – Rio do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ 40,00