01/08/2017 14h20 - Atualizado em 01/08/2017 14h20

Emater promove debate sobre sanidade na pecuária e sucessão familiar

A Emater promoveu na quarta-feira, 26 de julho, durante o Show Pecuário 2017, em Cascavel, o II Encontro Regional de Produtoras de Leite e Sucessão na Atividade Leiteira. Com a presença de 400 criadoras de toda a região, incluindo jovens, o evento contou com palestras sobre sucessão familiar e sanidade. O Show Pecuário 2017 terminou na sexta-feira, 28 de julho, e foi organizado pelo Sindicato Rural de Cascavel e pela Sociedade Rural do Oeste do Paraná.

A região de Cascavel, composta por 28 municípios, segundo abrangência da Unidade Regional da Emater, tem 100% dos municípios envolvidos com a pecuária de leite, com produção aproximada de 300 milhões litros por ano, divididos em 12,6 mil propriedades. A atividade conta com o importante papel da mulher na condução dos trabalhos do dia a dia, bem como na tomada de decisões em relação à gestão do negócio.

O evento trouxe dois temas muito importantes sobre a condução atual e futura da atividade leiteira. O primeiro assunto discutido foi a “Sanidade Animal e Qualidade do Leite”. O segundo tema abordado foi a sucessão familiar, que é de extrema importância para o futuro da prática agropecuária, pois é a partir da sucessão que haverá ou não a continuidade da atividade.

A primeira parte do evento foi ministrada pelo médico veterinário da Emater, Rafael Piovezan. Ele falou sobre sanidade na atividade leiteira. Além disso, o extensionista discorreu sobre qualidade do leite e os parâmetros utilizados para medir esses fator, como os microbiológicos. “Outro ponto importante é a ordenha e a higienização antes e depois dela. São passos simples, mas que senão respeitados comprometem um trabalho feito por longos meses na melhoria genética e nas pastagens”, explicou.

Depois, o gerente regional da Emater, Renato Jasper, explicou os aspectos necessários para garantir a sucessão rural, como gestão, divisão de tarefas e diálogo entre os membros da família. O evento foi concluído com depoimentos de produtores que adotam as práticas em casa. (Com informações da Assessoria de Imprensa do Show Pecuário 2017).

 

Fonte: Emater

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 27,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 3,72

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    18/10/2017

    valor

    R$ 99.79

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.