02/10/2017 15h35 - Atualizado em 02/10/2017 15h35

Paraná sediará o XXX Seminário Nacional de Cebola

O Paraná vai ser a sede do XXX Seminário Nacional de Cebola a ser realizado em Campo Magro, nos dias 25 e 26 de abril de 2018. Na oportunidade também será realizado o 28º Encontro Estadual de Produtores de Cebola e a 1ª Festa Municipal da Cebola e Agricultura Familiar, nos dias 28 e 29 de abril.

O futuro da cebolicultura no Brasil é o tema central do seminário. Além disso, outros assuntos serão abordados, como agrotóxicos e os impactos na saúde do trabalhador, a produção de cebola frente às mudanças climáticas e a situação da produção nacional de cebola no Brasil e no Mercosul. O objetivo do evento é contribuir para a divulgação de novas tecnologias, visando o desenvolvimento socioeconômico e ambiental sustentável do cultivo de cebola. Os organizadores estão esperando cerca de 1.000 participantes entre representantes de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Goiás, Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Paraná.

O Estado do Paraná na safra 2016/2017 cultivou uma área de 5.546 ha de cebola, distribuída em 132 Municípios, envolvendo 3.868 propriedades, principalmente agricultores familiares. A produção total chegou a 130.694 toneladas. Nas últimas safras (1986/1987 a 2.016/2.017) a produtividade da cultura no Paraná passou de 4.164 kg/ha para 23.608 kg/ha. “Esta evolução deve-se ao trabalho realizado pela extensão rural junto com os demais parceiros da cadeia produtiva da cebola, os agricultores e também às tecnologias discutidas nos 27 Encontros Estaduais de produtores de cebola e Seminários realizados nos estado”, afirmou Iniberto Hamerschmidt, coordenador geral da Comissão Organizadora do Seminário.

O cultivo de cebola no Paraná é realizado, na grande maioria das propriedades agrícolas pelas mulheres e jovens. A área média de cultivo gira em torno de 1,4 ha. Algumas famílias têm a cebola como cultivo principal, porém para a maioria a atividade é secundária, apesar de gerar uma boa renda. Em média a renda com a cebola no Paraná fica em entorno de R$ 10.000 por ha, para uma produtividade de 25.000 kg/ha e preço médio de R$ 1,00/kg.

O município de Campo Magro, localizado na Região Metropolitana de Curitiba, produz feijão, milho, soja, frutas, hortaliças, trigo e batata. O município que será sede do Seminário tem 120 produtores familiares que cultivam a cebola, em uma área de 180 ha e produção de 4.500 toneladas (safra 2016/2017). A produtividade no município chega a 25.000 Kg/ha, superando a média paranaense que é de 23.608 Kg/ha.

A promoção do Seminário é da prefeitura de Campo Magro, Associação Nacional dos Produtores de Cebola, Governo do Paraná/Seab/Emater, Fetaep, Faep, Senar e conta com o apoio do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Sanepar e Copel.

 

Fonte: Emater

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 27,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 3,72

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    18/10/2017

    valor

    R$ 99.79

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.