08/11/2017 12h22 - Atualizado em 08/11/2017 12h22

Programa pode reduzir custos da atividade leiteira no Arenito

Para mostrar os resultados da boa gestão na atividade leiteira, o Iapar, o Departamento de Agricultura de Moreira Sales e o Instituto Emater organizaram um dia de campo no fim de outubro, dia 26. Cerca de 80 produtores se reuniram na Chácara Confiança, de Ademir Ferreira de Matos, no bairro 34. Há dois anos o pecuarista participa do programa Leite Mais e a propriedade hoje é uma unidade de referência sobre bovinocultura leiteira. Nesse tempo o produtor conseguiu aumentar a produção e reduzir os custos.

Os técnicos e pesquisadores falaram com os produtores sobre técnicas = como o manejo de pastagens, fertilidade do solo e a nutrição de vacas leiteiras. O que mais chamou a atenção de quem visitou a chácara foi o salto da produção. Antes de adotar as práticas indicadas por extensionistas e pesquisadores, o rebanho de Ademir produzia, em média, 450 litros de leite por dia. Atualmente o volume chega a 750 litros diários.

De acordo com Márcio Perin, extensionista responsável pela Unidade de Referência, o produtor teve que ajustar os custos e o sistema de produção para se manter na atividade. Ele acrescentou que a redução nas despesas, com a aplicação do programa, ficou entre 30 e 40%. Durante o dia de campo os produtores também puderam conhecer algumas práticas para uma boa manutenção da ordenhadeira.

O programa Leite Mais está na região do Arenito há dois anos, envolvendo 200 produtores, de cinco municípios da área de Campo Mourão. Ao todo existem 38 unidades de referência. Kenji Asami, coordenador regional de Produção Animal do Instituto Emater, afirmou que a meta do programa é umentar em 30% a renda obtida com o leite nessas URs até 2018. O Dia de Campo fez parte da estratégia de capacitação dos produtores e técnicos que lidam com a atividade leiteira. A atividade contou com o apoio do das empresas Aprosales, Matsuda, Rota do Leite, Vetfarma, Equagril/New Holland, Casa do Produtor e Sicredi Vale do Piquiri.

Fonte: Emater

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    21/11/2017

    valor

    R$ 108,43

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Milho – Paraná (Seab)

    21/11/2017

    valor

    R$ 22,42

  • Arroz irrigado em casca – Rio do Sul/SC (Epagri)

    21/11/2017

    valor

    R$ 40,00