17/07/2017 13h09 - Atualizado em 17/07/2017 13h09

Queda externa e recuo do dólar voltam a pressionar cotações do milho

As cotações de milho estão em queda no mercado brasileiro, depois das altas registradas no início do mês. Conforme pesquisadores do Cepea, os recuos dos preços na Bolsa de Chicago (CME Group), devido a novas estimativas de oferta e demanda do USDA, e o enfraquecimento do dólar frente ao Real pressionaram as cotações nos portos brasileiros e, consequentemente, os valores internos. Em Campinas (SP), os valores voltaram a cair após a mudança no cenário internacional, favorecendo a pressão de compradores. Assim, o Indicador do milho ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP) fechou R$ 26,26/saca de 60 quilos na sexta-feira, 14, recuo de 2% na comparação com a sexta anterior, 7.

 

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 27,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 3,72

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    18/10/2017

    valor

    R$ 99.79

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.