21/09/2017 16h58 - Atualizado em 21/09/2017 16h58

São Jerônimo da Serra escolhe melhores cafés

O município de São Jerônimo da Serra escolheu seus melhores cafés, no último dia 15, com a realização do “Concurso de Qualidade de Café, etapa local. Foram classificados os cinco melhores cafés produzidos nas categorias Natural e Cereja Descascado. O objetivo da competição, organizada pelo Instituto Emater, é valorizar o trabalho dos cafeicultores e incentivar a produção de cafés de qualidade.

Os organizadores informaram que 37 produtores entregaram amostras para o Concurso. O primeiro colocado na categoria Natural foi Ismael Luiz Teodoro, do Distrito Terra Nova. Na categoria Cereja Descascado, o finalista foi Joaquim Teixeira, do assentamento Palmares.

A Cooperativa da Reforma Agrária do Norte Pioneiro (Coanop) comprou uma saca de cada café premiado, pagando o valor de R$2.000/saca. Todos os classificados receberam ainda prêmios doados por empresas e instituições, uma forma de estimular a produção de grãos com mais qualidade.

O município de São Jerônimo da Serra tem, atualmente, 150 hectares cultivados com café. Para muitos dos produtores que participaram do concurso, a cafeicultura é a principal atividade. Há oito anos os técnicos do Instituto Emater realizam o concurso no município. Neste ano, 16 produtores de São Jerônimo da Serra foram classificados para a etapa estadual do concurso, que será realizada em outubro.

Ainda no dia 15, o Instituto Emater promoveu o 1º Encontro Regional das Mulheres do Café da Região de Cornélio Procópio, em São Jerônimo da Serra. Cerca de 100 mulheres de vários municípios da região participaram das atividades. As cafeicultoras puderam trocar experiências e iniciaram a organização em grupo para que o Instituto Emater possa prestar assistência às interessadas em lidar com o café.

Desde 2013, os extensionistas desenvolvem o projeto Mulheres do Café, na região de Cornélio Procópio, com o intuito de valorizar o trabalho feminino e melhorar a renda das famílias. As produtoras são acompanhadas de perto pela Extensão Rural, passam por processo de capacitação técnica para melhorar os resultados da cafeicultura. Ao final do encontro foram constituídos seis grupos de mulheres da região de Cornélio Procópio. Produtoras e técnicos devem começar o trabalho, juntos, no próximo mês.

 

Fonte: Emater

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 27,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 3,72

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    18/10/2017

    valor

    R$ 99.79

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.