13/07/2017 17h48 - Atualizado em 13/07/2017 18h01

Suíno vivo e carne têm valorizações no mercado interno

Com as exportações da carne em bom ritmo, o aquecimento das vendas internas em início de mês, e animais para abate mais leves em algumas regiões, as cotações do suíno vivo e da carne já ensaiam alguma reação nas regiões pesquisadas pelo Cepea. No atacado, a carcaça especial negociada na Grande São Paulo se valorizou 2,3% de 5 a 12 de julho, com o quilo passando para a média de R$ 5,64 nessa quarta-feira, 12. O preço da carcaça comum, por sua vez, subiu 1% no mesmo período, para R$ 5,17/kg. Quanto ao mercado de suíno vivo, nos últimos sete dias, houve alta de 2,2% na região de São José do Rio Preto (SP) e de 2,5% em Ponte Nova (MG), onde o valor médio pago ao produtor no dia 12 foi de R$ 3,48/kg e R$ 3,61/kg, respectivamente.

 

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 27,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ 3,72

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    18/10/2017

    valor

    R$ 99.79

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    18/10/2017

    valor

    R$ S/Inf.