27/06/2017 12h50 - Atualizado em 27/06/2017 13h43

Valor do trigo atinge maior patamar nominal do ano

Apesar da boa colheita em 2016, dos pequenos volumes exportados e das importações elevadas, as cotações de trigo subiram ainda mais nos últimos dias nos estados do Paraná e Rio Grande do Sul, atingindo os maiores patamares nominais do ano. Isso porque os preços internacionais e a taxa de câmbio seguem oscilando, cenário que tem retraído vendedores, segundo colaboradores do Cepea. Além disso, mesmo com a maior demanda, o frete mais caro para entrega do trigo tem feito compradores focarem no transporte de milho segunda safra. No mercado de balcão, as cotações fecharam em R$ 32,58/saca de 60 kg no sudoeste do PR no dia 23. No mercado de lotes os valores também chegaram às máximas do ano, com a média da tonelada a R$ 595,14 em Ijuí.

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    17/11/2017

    valor

    R$ 108,43

  • Suíno vivo – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Milho – Paraná (Seab)

    17/11/2017

    valor

    R$ 22,52

  • Arroz irrigado em casca – Rio do Sul/SC (Epagri)

    17/11/2017

    valor

    R$ 40,00