24/07/2017 12h27 - Atualizado em 24/07/2017 12h27

Vendedor recua e liquidez diminui em plena colheita do milho

O avanço da colheita tem pressionado as cotações de milho no mercado brasileiro, mas as altas dos preços nos portos limitam as baixas. Segundo pesquisadores do Cepea, vendedores diminuíram o ritmo de negociações na última semana, por considerarem baixos os atuais patamares de preços. Compradores, por sua vez, continuam realizando aquisições pontuais, de acordo com a necessidade. Na região de Campinas (SP), o Indicador ESALQ/BM&FBovespa subiu ligeiro 0,6% nos últimos sete dias, fechando a R$ 26,41/saca de 60 quilos na sexta-feira, 21.

 

Fonte: Cepea

últimas: notícias vídeos

cotações

  • Milho amarelo – Rio do Sul/SC – (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ 23,00

  • Arroz irrigado em casca – Jaraguá do Sul/SC (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ S/Inf.

  • Suíno vivo – Sul Catarinense/SC (Epagri)

    21/08/2017

    valor

    R$ 3,69

  • Feijão Carioca -Tipo 1 – Paraná (Seab)

    21/08/2017

    valor

    R$ 86,11